já falamos aqui, sobre a importância do óleo de coco no meio cosméticos, mas você sabia que ele pode ser um grande influenciador na perda de peso e a gordura da barriga? Não?

Vamos falar no post de hoje sobre as influências que o óleo de coco tem sobre a perda de peso e muito mais, aproveite então para tirar as suas dúvidas.

Óleo de coco emagrece mesmo?

Tudo começou quando a universidade de Columbia divulgou uma pesquisa dizendo que pessoas que adicionam o óleo de coco na alimentação tem um percentual bem maior de emagrecer do que as pessoas que não, porém o estudo não ficou só por ai.

O estudo adicionou que essas mesmas pessoas que incluíam o óleo de coco na refeição, perdiam cerca de 7 vezes mais barriga do que os participantes que não o faziam.

A perda de peso ocorria, segundo a universidade, porque o óleo de coco ajuda a dar a sensação de saciar a fome, retardando assim, uma alimentação em horários inapropriados, por exemplo, sem esquecer de mencionar que ele ajuda na estimulação do metabolismo, que é uma fonte também da perda de peso.

Já a queima da gordura da barriga, se dá porque o produto é termogênico, ou seja, queima ainda mais rápido a gordura e é um antioxidante.

As pesquisas vieram para colocar por terra várias premissas de que o óleo de coco não emagrecia, quebrando assim, as antigas teorias sobre o produto.

Como o óleo de coco te ajuda a emagrecer

  • Ajuda a queima de gordura, consequentemente a perda de peso;
  • Melhora o intestino;
  • Controla o colesterol e o nível de açúcar no sangue;
  • É fonte de energia durante a prática de exercícios;
  • Influencia diretamente o sistema imunológico;

Controvérsias

Após alguns estudos comprovarem a influência do óleo de coco na perda de peso, a revista Veja publicou uma reportagem falando sobre o assunto, declarando que o mesmo não é influenciador da perda de peso, mas apenas mais uma modinha do século.

Confundindo ainda mais as pessoas que estavam interessadas em saber sobre o assunto.

A revista então, se tornou uma fonte de críticas na internet e nas suas páginas das redes sócias. Entretanto, a revista não se comunicou mais sobre o assunto, mas também não retirou o assunto do ar.

Quantidade exata de consumo

O óleo de coco deve ser consumido diariamente, cerca de 2 a 4 colheres de sopa, já é considerado o suficiente.

Obviamente, o óleo de coco só irá dar resultado se você fazer uma junção do mesmo com exercícios físicos e também uma alimentação balanceada, regida por verduras e legumes, sendo assim, de nada adianta ingerir apenas o óleo de coco se você não for seguir as outras duas premissas.

Afinal de contas, em uma alimentação calórica, ele será apenas mais um influenciador no ganho de peso, pois o mesmo tem uma gama calórica dentre as suas características.

Conclusão

Podemos concluir então que SIM, o óleo de coco, através de muitos estudos comprovaram que ele é um influenciador quando o assunto é a perda de peso e de gordura.

Sendo assim, a publicação da reportagem da revista Veja, definitivamente se tornou apenas uma fonte de notícias sem fundamentações, não somente pelo que a mesma mencionou, mas por ter deixado de mencionar o restante do conteúdo.